O QUE PODE FAZER PARA EVITAR ÚLCERAS DE PRESSÃO

05 Mar

A prevenção começa com o alívio de pressões nas zonas de risco: a cada duas horas no caso dos doentes acamados, e sempre que possível no caso de doentes em cadeira. Estas medidas evitam a compressão prolongada dos vasos e permitem que o fluxo sanguíneo chegue aos tecidos.

  • O doente deve ser mudado de posição regularmente. Sempre que manifestar alguma sensação de dormência, deve ser reposicionado.
  • Devem inspeccionar-se as zonas de risco com regularidade, prestando especial atenção a áreas de vermelhidão, sinal de que a úlcera poderá surgir.
  • Deve manter-se uma higiene diária adequada. As áreas de maior risco de escara devem ser limpas e secas, especialmente em caso de excesso de transpiração (pelo risco de maceração) e de incontinência fecal e urinária.
  • Dieta equilibrada: O consumo de proteínas e de vitamina C são importantes medidas preventivas; queijo, carne e peixe são ricos em proteínas, enquanto a fruta fornece a vitamina C. Para evitar a desidratação, o doente deve beber água em quantidade suficiente, assim como chás ou sumos de fruta (em caso de diabetes, deve pedir conselho ao seu médico).
  • Quando sentado, o doente deve adoptar uma posição apropriada, mantendo as costas direitas e bem amparado. Em cadeira de rodas, os descansos para os pés são essenciais.
  • O doente acamado ou em cadeira de rodas deve utilizar os equipamentos médicos anti-escaras adequados.